6 de outubro de 2014

An Album a Week: London Grammar #001




London Grammar é um trio alternativo e lindo da Inglaterra, formado por Hannah Reid, Dot Major e Dan Rothman. Os caras se conheceram na faculdade em 2009, mas foi somente em 2012 que eles postaram seu primeiro single “Hey Now” na internet. Em 2013 eles lançaram o seu primeiro álbum, o If You Want, e é dessa maravilha que eu vou falar hoje. <3

Esse álbum é tão lindo, que minha vontade é fugir com ele para Las Vegas e ver se a gente consegue se casar. <3 A voz da Hannah é uma coisas mais lindas e mágicas. É como um ponto colorido que te da esperança e forças nesse mundo cinzento e chato. 

Porém, o que é mais irônico é que esse álbum é pesado, denso demais, existe uma atmosfera muito obscura nas letras e na melodia. Existe um sofrimento por trás de tudo, sento um leve aperto no peito sempre que ouço essas 17 dolorosas músicas. 

Um ponto negativo (se podemos dizer assim) que as músicas são muito parecidas, não existe um distanciamento de uma para outra. Em alguns momentos parece que estou ouvindo a mesma música ou que a que estou ouvindo é uma continuação da anterior. Não tem um momento para se relaxar, sair dessa atmosfera pesada e melancólica. 

Admito que após as primeiras sete músicas, acabo me desligando levemente do álbum, acabo pensando em outras coisas e quando percebo já se passaram algumas canções. Mas, quando começa tocar a música título do álbum (If You Wait) o álbum volta a chamar a minha atenção com músicas fortes e lindas. 

A versão deluxe é composta por algumas músicas com um apelo eletrônico maior, chegando a ser um pouquinho mais animadas, mas elas parecem que estão no álbum errado, como estivessem perdidas, na minha opinião. 

O álbum me agradou bastante e acho que com o tempo o London Grammar vai ganhar uma experiência que vai se refletir nos seus futuros trabalhos. If You Wait é um cd para dias cinzentos, chuvosos ou quando você está meio tristinha.


If You Wait (2013, Metal & Dust)
Nota: 7,5
Minhas músicas favoritas: Hey Now, Stay Awake, Strong, If You Wait e Help.

7 comentários:

  1. hey!!! olá :)
    vi teu comentário no meu blog e entrei no teu e acabei descobrindo algo tri!
    só eu não sabia que existia algo como esse Skoob! :P
    criei minha conta lá mas não entendi como faço pra te achar :S
    bjoo
    http://hippiegrungerajneesh.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, o skoob realmente é uma coisa maravilhosa, porém achar as pessoas por lá é um pouco difícil, mas eu vou passar no seu blog e deixar meu link (:

      Excluir
  2. London Grammar♥♥♥ Gente como eu amo o som dessa banda. Você descreveu perfeitamente a essência do álbum, os pontos positivos e negativos. As letras são bem melancólicas mesmo, minhas favoritas são Sights e Wasting My Young Years, mas a melodia de Hey Now e Strong são impecáveis também.

    blogdeadbutterfly.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Carol, eles são maravilhosos, né?! <3 Pode parecer brega, mas Strong tem uma forma maravilhosa, ela é incrível. *-*

      Excluir
  3. "É como um ponto colorido que te da esperança e forças nesse mundo cinzento e chato", mas é pesado e denso. Nossa! Bem, olha, eu gosto dessa confusão de sentimentos na música... Estou aqui ouvindo a playlist e sentindo a leveza da voz, da melodia e também a intensidade e melancolia da letra. Boa descoberta musical essa :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Divergências me encantam, principalmente nas músicas.

      Excluir
  4. GENTE, QUE VOZ SENSACIONAL ♥ Realmente achei a atmosfera bem obscura e sofredora jfhgjkg Mas isso o torna o álbum perfeito pra se ouvir naqueles dias de tristeza aguda. Adorei Wasting My Young Years e Metal & Dust. Eles me lembrara Florence and the Machine (só que mais obscuro e.e). Sua resenha ficou ótima Carol! :D Adorei o fato de você começar o projeto ♥ AH, só não esquece de creditar ao GDM e linkar o grupo/página, viu? ;D Beijão!

    Garotas de Mustache

    ResponderExcluir