1 de novembro de 2014

O que eu assisti em Outubro


Depois de um Setembro vergonhoso, onde eu não assisti um filme se quer, em Outubro eu fui pegando o ritmo de volta e acabei assistindo alguns filminhos.

Splash – Uma Sereia em Minha Vida 4/5



Meio que virou uma tradição eu começar o mês revendo algum dos meus filmes favoritos e dessa vez eu escolhi Splash <3 Lembro que sempre assistia esse filme no SBT e existe algo nos filmes antigos do Tom Hanks que me encantam totalmente. Amo tudo nesse filme e eu sinto falta desse tipo de filme nos dias de hoje. *-*

O Diário de Tati 3/5


Estava meu irmão e eu zapeando os canais em um sábado qualquer quando encontramos esse filme. Lembro que nos anos 2000 a personagem Tati era muito famosa e o quadro dela no Fantástico era um dos mais populares e me estranhou só terem feito um filme para ela em 2012. Enfim, o filme não é aquelas maravilhas, na verdade ele é muito bobinho, mas tem umas cenas muito engraçadas (principalmente quando ela pede para ir à festa. RI MUITO!) e é uma ótima opção para passar o tempo.

Orgulho e Preconceito 4/5


Finamente eu assisti a esse filme! O que uma galera fala do livro e do filme é algo surreal, então tomei vergonha na cara e fui ao Netflix assistir. Sim, como a grande maioria eu me apaixonei pelo Sr. Darcy, achei a estória de amor deles muito bonita, mas também não morri de amores e achei tudo isso que tantas pessoas falam. Na verdade eu passei a maior parte do tempo entendo entender o porquê de parecer que tinha uma batata na boca da Keira Knightley.

Minha Mãe é uma Peça 4/5
Já deve ser a quinta vez que assisto a esse filme, ele é um dos meus favoritos. Existe algo no Paulo Gustavo que é sensacional e ele fazendo a mãe dele é uma das coisas mais engraçados do universo. Recomendo tudo que o Paulo Gustavo faz, pois ele é sensacional. Sem contar que esse filme rende maravilhosas risadas. Não vejo a hora de sair o segundo filme. <3


Contracorrente 4/5

Um filme lindo que conta o romance de dois homens, Miguel é um pescador respeitado e casado, mas que vive um romance com Santiago, gay assumido e pintor. Contracorrente é lindo, emocionante e triste. Eu só queria saber o motivo da maioria dos filmes que abordam relações gays o final é triste. PODE PARAR COM ISSO!
 
Foram poucos filmes, mas espero que em Novembro o meu ritmo de seis filmes volte. Vocês têm alguma indicação de filme para mim? Mesmo com a loucura da faculdade, acho que vale a pena “matar” algumas horas assistindo filmes. Hahah

4 comentários:

  1. O único filme que eu vi que aborda o tema gays, foi Tomboy. Mesmo eu sendo neutra (não sou preconceituosa mas não concordo com a prática, então fico na minha e me dou com gays normalmente), eu adorei esse filme! Diferente de tudo que já vi, ele é tão sensível e bem feito, recomendo que você veja. Não sei se você curte, mas eu adoro os filmes que passam na TV Cultura e esse passou lá, auadajsdhuya.
    Outubro foi o mês vergonhoso no quesito filmes :c Mesmo sendo simples, adorei esse "boo" no inicio do post! Quero muito ver Minha mãe é uma peça e Orgulho e Preconceito.
    Saibas que mesmo eu não comentando muito aqui, sempre passo e olho as postagens, amo teu blog!
    ━━━━━━━ •✺• Like a Rock Like a Roll •✺• ━━━━━━━

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já ouvi algumas pessoas dizendo que viram Tomboy na Cultura, mas eu nunca vi. Já adicionei esse filme na minha lista de próximos que vou ver.

      Ah, Indira muito obrigada!

      Excluir
  2. Minha mãe é uma peça comecei a assistir, mas n deu pra terminar, e faz tempo que tô pra tentar assistir de novo KKKKK eu n sou muito fã de filmes, sempre opto por assistir seriado quando tenho tempo. E sobre o filme Orgulho e Preconceito, já comecei a ler o livro, mas como era emprestado tive que devolver :( Mas pretendo comprar um só pra mim e ler, e claro, ver o filme também! Desses aí nunca assisti nenhum kkkkkkkkkkk

    beijos, @wonderlandwd
    official-wonderland.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm não sou muito chegada em filmes, mas estou tentando mudar isso esse ano, é um dos meus objetivos hahah

      Excluir