24 de outubro de 2014

An Album a Week: Forfun #002



An Album a Week é um projeto criado pela Midria, do blog Garotas de Mustache. Quer saber mais sobre o projeto? Entre na página e no grupo do projeto.


No começo desse mês fui surpreendida ao entrar no Spotify e ver que o Forfun tinha disponibilizado seu novo álbum. Admito que fiquei bastante curiosa, já que o “Alegria Compartilhada” não tinha me agredido muito, algo que me deixou um pouco decepcionada, já que Forfun é uma das poucas bandas nacionais que eu gosto e admiro muito.

A maioria já deve saber, mas se existe alguém que não sabe o Forfun é uma banda carioca, formada por Danilo (guitarra e voz), Rodrigo (baixo e voz), Vitor (guitarra e programação de efeitos) e Nicolas (Bateria). ‘ForFun’ quer dizer por diversão, o nome foi dado em homenagem a galera deles, os amigos que pegavam onda junto, e usavam essa expressão pra denominar o grupo, segundo o Last.fm.

Não acompanho a banda desde o começo, na verdade eu meio que detestei Forfun quando ouvi “História de Verão” pela primeira vez, mas não precisa ser fã de carteirinha para perceber a evolução da banda durante os anos. 



Forfun sempre trabalhou muito bem com os mais diversos ritmos e esse foi um dos pontos que me fez admirar a banda ao longo do tempo. A capa de Nu me conquistou, não sou fã de gatos (detesto na verdade), mas algo nela me transmitiu que aquele álbum, de alguma forma, seria mais “pesado” e “sério”, mas que continuaria com a pegada Forfun de ser. 

Ouvi muitas pessoas dizendo que não gostaram do álbum, que Nu é um dos CDs mais fracos da banda, eu já achei o contrário. Não é o meu favorito, mas ele tem uma vibe que se encaixa totalmente com a fase que estou vivendo: as músicas falam sobre assuntos importantes (tipo política), mas não deixa de falar de coisas divertidas e coisas que uma pessoa, independente da idade, gosta.

Em Nu você encontra de músicas mais lentinhas, hardcore, funk e as músicas hinos tão famosas de se gritar nos shows do Forfun. Não tenho o que reclamar muito sobre esse álbum, talvez algumas músicas que parecem perdidas (Previsão do Tempo) e outras que não me chamaram muito a atenção.

Ouço esse álbum praticamente todo dia e percebo as primeiras oito músicas conseguem atrair bastante a minha atenção, enquanto as últimas três eu meio que me desligo. Talvez esse seja um problema meu, pois com o álbum do London Grammar aconteceu o mesmo, enfim. 

Resumindo, Nu me fez respeitar ainda mais o Forfun e não vejo a hora de chegar Novembro para que eu possa, finalmente, ir a um show dos caras e curtir essa vibe que os fãs tanto falam.

Nu (2014)
Nota: 8,5
Minhas músicas favoritas: O Baile Não Vai Morrer ♥, Alforria, Mariá ♥ e Muitos Amigos ♥.
 

11 comentários:

  1. Acho forfun é amor demais, hahah.
    Essa banda fez parte da minha adolescência (não sou extremamente velha, mas já estou na crise dos 21), naquela época a música "História de verão" (que você citou) não saia do meu "mp3", e olha, eu tenho que admitir que eu sempre gostei dela, não pelo ritmo e sim pela letra, hahah.
    Enfim, confesso que ainda não escutei esse novo álbum, até porque eu estou um pouco saturada de bandas "brasileiras". :( Mas agradeço por você ter disponibilizado o áudio, vou escuta-lo agora mesmo.
    Obs.: Nossa, como assim você detesta gatos? :o Você tem mais cara de gateira do que eu, hahah.

    Gostei muito do blog, Carol.
    Estou seguindo. :)

    Amandismo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O começo da minha adolescente foi muito "não curto bandas nacionais", eu era muito BABACA nessa época, sério. "/

      Cara de gateira? Eu? HAUAHAU Acho que em outra vida fui um cachorro, pois eu simplesmente detesto, não suporto gatos, mas isso também é de família.

      Excluir
  2. Forfun nunca foi um dos meus interesses musicais.rs Não sei por quê, mas acredito que o som deles não fazem mesmo o estilo que eu gosto de ouvir. Que bom que o novo álbum recebe elogios, mesmo não atraindo muito como um todo.

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu simplesmente ADORO Forfun. Polisenso e Alegria Compartilhada têm o poder que poucos ábuns tem: de me colocar pra cima, seja como eu me sinta no momento. Comecei a escutar quando era mais novinha, na fase mais emo mesmo deles, e não gostei nem um pouco. Com uns 17 os "redescobri" e simplesmente me apaixonei. Não tiro o som do carro, do quarto, e até mesmo das minhas meditações. Trombrei com o Nicolas em Florianopolis e depois nos encontramos no Rio, além de engraçado, o cara foi também bastante humilde, o que me fez ganhar ainda mais o respeito dos meninos. Bom saber que eles estão sendo reconhecidos pelo Brazilsão afora !!

    Adoro teu blog. Um beijo.

    www.elnomadiando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nosso caso é parecido então, porque foi quando eu "redescobri" o Forfun que eu me apaixonei pelo som dos caras, acho que comecei a ouvir o som dos caras no momento certo, sabe?

      Eles são incríveis e merecem todo o respeito no cenário musical!

      Excluir
  4. Eu ouvi esse álbum essa semana e estranhei um pouco... achei bem diferente do Polisenso, que é o único álbum da Forfun que eu escuto e gosto bastante. Enfim, vou ouvir de novo pra ver se gosto ou se passo rs
    Beijo, Bruna S. ♥
    Chanel Fake Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também achei bem diferente esse álbum, mas eu gostei e olha que eu sou dessas que não curte muito quando uma banda muda o estilo musical.

      Excluir
  5. Conheço Forfun de nome, mas foi bom ler seu post para finalmente ouvir! ♥ Primeiramente: sotaque carioca sz Gostei do ritmo das músicas (vontade de sambar pela casa jfghkjhfdg), das letras críticas (Aforria, Previsão do Tempo, Arriba y Avante...) Senti que eles "são" uma mistura de O Teatro Mágico (Coisa Pouca) e Los Hermanos, bandas que eu adoro, além de terem um toque de rap (Muitos Amigos) e reggae (Bolo Cosmoman). Enfim, adorei a vibe deles e.e Provavelmente ouvirei os outros álbuns já que você disse que esse não é melhor deles hahaha Beijão, e mais uma vez obrigada por participar e por fazer indicações tão legais pro AAAW ♥

    Garotas de Mustache

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AI QUE LEGAL, MIDRIA! Sério, fiquei muito feliz ao saber que você "descobriu" Forfun musicalmente por causa do meu post, que lindo! hahah *-*

      E eu agradeço por você ter criado esse projeto MARAVILHOSO!! ♥_♥

      Excluir
  6. primeiro: como alguém pode odiar gatos??? :O || sobre forfun....cara, lembro vagamente de ter ouvido falar desse nome há um tempo atrás. surgiu junto com umas bandas novas na época...só não tinha me ligado muito no som || também acontece isso comigo: de acabar gostando de uma banda na segunda vez que escuto. eu acho que a gente tem que pegar um álbum para escutá-lo com atenção e entender o conceito dele. ((∴Emilie Escreve∴))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gatos são criaturas detestáveis para mim HAUAHAU

      Excluir